Última hora

Última hora

Paris e Madrid saudam reformas anunciadas pelo rei de Marrocos

Em leitura:

Paris e Madrid saudam reformas anunciadas pelo rei de Marrocos

Tamanho do texto Aa Aa

França e Espanha saudaram as reformas constitucionais anunciadas pelo rei de Marrocos. Paris diz que foi um discurso “responsável e corajoso […] no contexto atual” das revoluções árabes e Madrid destacou a “capacidade de liderança” da monarquia marroquina.

Entre residentes que celebravam ontem à noite o anúncio em Rabat, um marroquino dizia que “é um discurso que define o futuro do país, de mãos dadas com a população na direção do progresso e do desenvolvimento de Marrocos”.

Mohamed VI comprometeu-se com a reforma da Constituição, que será submetida a referendo e reforçará os poderes do governo e do Parlamento. O primeiro-ministro passará a ser nomeado pelo partido vencedor das eleições e não pelo monarca, que classificou a iniciativa como “um passo essencial para reforçar a democracia e o desenvolvimento”.

Tratou-se da primeira intervenção pública de Mohamed VI desde que, a 20 de Fevereiro, foi lançada uma série de protestos em todo o país para reclamar “reformas políticas profundas”, com o objetivo de converter Marrocos numa monarquia parlamentar.