Última hora

Última hora

Manifestação exige encerramento das centrais nucleares alemãs

Em leitura:

Manifestação exige encerramento das centrais nucleares alemãs

Tamanho do texto Aa Aa

O receio de um desastre nuclear na central japonesa de Fukushima, criou uma onda de contestação na Alemanha.

Cerca de 60 mil manifestantes antinucleares formaram uma corrente humana de 45km entre Estugarda e a central atómica de Neckarwestheim para exigir o abandono da produção de energia nuclear.

O protesto recordou o primeiro acordo, aprovado em 2000, pelo Governo Gerhard Schröder para o abandono da energia nuclear.

De acordo com este pacto, o Governo de coligação social-democrata e a indústria energética definiram que a ultima das 17 centrais nucleares deveria ser desativada em 2021.

Mas o atual governo de centro-direita de Angela Merkel anunciou o prolongamento do acordo e pelo menos, a Alemanha vai continuar a produzir energia nuclear até 2035.