Última hora

Última hora

Japão: 215 mil pessoas afastadas das centrais nucleares

Em leitura:

Japão: 215 mil pessoas afastadas das centrais nucleares

Tamanho do texto Aa Aa

A situação é cada vez mais alarmante para quem vive perto das centrais nucleares de Fukushima. Duzentas e quinze mil pessoas já foram retiradas das zonas mais próximas. Ou seja, uma área de vinte quilómetros em torno da central Fukushima Daiichi e de dez quilómetros à volta da segunda central Fukushima Daini.

Na cidade de Koryama, as pessoas fazem fila para saber se foram contaminadas.

“O lugar onde trabalho pode estar contaminado, por isso, vim aqui para verificar se também estou e perceber o que devo fazer”, diz Takehito Akimoto, um professor de 39 anos.

A agência de segurança nuclear japonesa avançou que 160 pessoas podem ter sido contaminadas pelas radiações. Na própria cidade de Fukushima, a 80 quilómetros das centrais, os japoneses precipitavam-se para comprar alimentos e as bombas de gasolina estavam a seco.