Última hora

Última hora

Maré humana de contestação em Beirute

Em leitura:

Maré humana de contestação em Beirute

Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de pessoas manifestaram-se no centro de Beirute contra o arsenal de armas do Hezbollah, por ocasião do aniversário da revolução dos Cedros, desencadeada pelo assassinato do ex-primeiro ministro Rafic Hariri e que acabou com o domínio sírio no país em 2005-

Uma maré humana concentrou-se na praça dos mártires depois do apelo filho de Rafic e primeiro-ministro em exercício, Saad.

O Hezbollah, grupo xiita apoiado pelo Irão, diz que a sua estrutura militar serve para proteger o país. Os manifestantes pró-ocidentais querem que esse papel seja exclusivo do exército.

A contestação surge uma semana depois de outro protesto contra o sistema político sectário do Líbano.