Última hora

Última hora

Japão: mercado em queda livre depois de sismo

Em leitura:

Japão: mercado em queda livre depois de sismo

Tamanho do texto Aa Aa

A bolsa de Tóquio abriu hoje pela primeira vez desde o sismo que devastou o nordeste do Japão, com o índice de referência Nikkei a cair para o nível mais baixo dos últimos quatro meses. A descida, em si, era a mais pronunciada desde 2008.

Com a atividade suspensa na totalidade do país depois da tragédia, as ações dos construtores automóveis nipónicos estavam em queda livre.

Na tentativa de garantir a estabilidade financeira, o Banco do Japão anunciou a maior injeção de capital da sua história: 15 biliões de yens, o equivalente a mais de 130 mil milhões de euros.

A moeda nipónica subia de valor, com os operadores do mercado cambial a preverem que os japoneses repatriem fundos em massa para financiar a reconstrução do país.