Última hora

Última hora

Japão: Problemas de refrigeração de um terceiro reator

Em leitura:

Japão: Problemas de refrigeração de um terceiro reator

Tamanho do texto Aa Aa

Depois da explosão esta manhã no reator número três da central nuclear de Fukushima Diachi, as autoridades anunciam que o sistema de refrigeraçâo do reator número 2 deixou de funcionar.

O Japão está numa corrida contra o tempo para evitar um acidente nuclear de proporções catastróficas.

Apesar de o porta-voz do governo ter tentado tranquilizar as populações afirmando que “o risco de fuga de radiação é muito limitado”, o medo sente-se em todo o país.

A companhia elétrica japonesa, Tepco, anunciou que vai efetuar furos no imóvel que proteje o reator número dois, para aligeirar a pressão e evitar explosões de hidrogénio.

A central de Fukushima Daichi está dotada de seis reatores e situa-se a 250 quilómetros de Tóquio, uma cidade com 35 milhões de habitantes, que acompanham, preocupados, o evoluir da situação.