Última hora

Última hora

Japão: Um terceiro reator em risco de explosão

Em leitura:

Japão: Um terceiro reator em risco de explosão

Tamanho do texto Aa Aa

Depois da explosão esta manhã no reator número três da central nuclear de Fukushima Daichi, as autoridades anunciaram que o sistema de refrigeração do reator número 2 deixou de funcionar.

O Japão está numa corrida contra o tempo para evitar um acidente nuclear de proporções catastróficas.

Apesar de o governo ter tentado tranquilizar as populações afirmando que o risco de fuga radioativa é muito limitado, a agência informativa Jiji afirma que a hipótese de fusão do núcleo do reator não está excluída.

Os perímetros de segurança em torno das centrais de Daichi e Daini foram alaragados para 20 e 10 quilómetros

A companhia elétrica japonesa, Tepco, anunciou que vai efetuar furos no imóvel que proteje o reator número dois, para aligeirar a pressão e evitar explosões de hidrogénio.

Os reatores um e três da mesma central conheceram o mesmo tipo de avaria que provocou a explosão das respectivas cápsulas.