Última hora

Última hora

Nuvem radioativa é a maior preocupação dos sobreviventes

Em leitura:

Nuvem radioativa é a maior preocupação dos sobreviventes

Tamanho do texto Aa Aa

No terreno, dezenas de equipas verificam o grau de contaminação radioativa de pessoas retiradas das proximidades de centrais nucleares.

Um australiano a viver em Fukushima contou à Euronews, através do Skype, que está a ser feito para ajudar os habitantes.

Graham Chave: “Penso que as pessoas estão a ser informadas, mas a possibilidade de existir uma nuvem radioativa é motivo de grande preocupação.

Se sairmos à rua temos de cobrir todas as superfícies da pele expostas e, basicamente, rezar.

As pessoas não podem fazer muito. Estão a sugerir que se tome suplementos de iodo, que existem em grande quantidade na comida japonesa.

Euronews: As autoridades, deram-lhe alguma oportunidade para deixar a cidade?

Graham Chave: “Temos o carro totalmente abastecido e estamos prontos para partir em cinco minutos. Muitas pessoas foram evacuadas da costa.

Eu espero que os especialistas tenham razão e que o material radioativo não se espalhe. Eles vão tentar selar a estrutura para evitar que as radiações se propaguem.

Hoje fomos confrontados com várias réplicas, a cada dois minutos, durante um bom quarto de hora.

No final estava nervoso e pensei já chega.”