Última hora

Última hora

Alemanha: antinucleares saem à rua apesar de moratória decretada pelo governo de Merkel

Em leitura:

Alemanha: antinucleares saem à rua apesar de moratória decretada pelo governo de Merkel

Tamanho do texto Aa Aa

Os ativistas antinuclear saíram à rua em força na Alemanha, apesar da moratória anunciada pelo governo de Angela Merkel.

Em Berlim, os manifestantes reuniram-se em frente à chancelaria. A contestação, reavivada pela situação de risco vivida em várias centrais japonesas, motivou protestos em centenas de pontos do país que juntaram cerca de 100 mil pessoas, segundo os organizadores.

Merkel anunciou esta segunda-feira a decisão de suspender temporariamente o prolongamento do tempo de vida das centrais nucleares alemãs.

A chanceler explicou que se trata de “uma moratória de três meses. O que isso significa para cada central, é agora alvo de debate com as operadoras”.

A ministra do Ambiente indicou que a central de Neckarwestheim cessará atividade já neste trimestre, já que o seu fecho estava previsto para Janeiro, antes da adoção da lei que prolonga o tempo de vida dos 17 reatores do país.

Neckarwestheim foi no sábado palco de um protesto contra a política nuclear de Berlim. Cinquenta mil pessoas formaram uma cadeia humana de mais de 40 quilómetros até ao centro de Estugarda.