Última hora

Última hora

Nikkei afunda-se pelo segundo dia consecutivo

Em leitura:

Nikkei afunda-se pelo segundo dia consecutivo

Tamanho do texto Aa Aa

As quedas no índice Nikkei sucedem-se. A bolsa de Tóquio esteve a cair a pique pelo segundo dia consecutivo, por culpa do terramoto e das consequências económicas que estão ainda por apurar, mas que devem ser muito graves, ao ponto de poder puxar o país novamente para a recessão.

Só nos últimos dois dias, o Nikkei perdeu quase 17%. Esta é uma queda que ultrapassa os anteriores recordes de tombos no índice principal japonês. Os anteriores recordes pertenciam ao “crash” de 1987 e à crise de Outubro de 2008. Nesta altura, o índice perdeu num só dia mais de 11%.Só esta terça-feira, a bolsa fechou com uma descida de 10%.

Diz Masaaki Kanno, diretor da JP Morgan Securities no Japão: “Ontem, a situação estava no fundo e quando cheguei ao escritório ficou ainda pior. Se este círculo vicioso começa, o apetite dos investidores pelo risco desaparece e ninguém sabe onde vão parar as quedas no Nikkei”.

O país está a ser varrido por más notícias. Depois do terramoto e do tsunami, que fizeram milhares de mortos, veio o desastre nuclear que continua a privar uma vasta região de eletricidade. Como resultado, está a haver uma penúria de vários produtos e grandes variações nos preços.