Última hora

Última hora

Japão: radiação obriga a evacuar temporariamente central nuclear

Em leitura:

Japão: radiação obriga a evacuar temporariamente central nuclear

Tamanho do texto Aa Aa

A central nuclear de Fukushima Daichi, no nordeste do Japão, foi temporariamente evacuada.

Os cinquenta trabalhadores que permaneciam no local tiveram ordens de sair durante uma subida no nível de radiação.

As operações para arrefecer os reatores afetados pelo sismo de sexta-feira foram momentaneamente interrompidas. O governo reconheceu que a estrutura de contenção do reator 3 pode estar danificada. Nas últimas horas podia ver-se uma nuvem de fumo branco sobre a central que, segundo a operadora Tepco, viria provavelmente da piscina onde estão armazenadas mais de 500 barras de combustível atómico já utilizado.

Com explosões registadas nos reatores 1 a 4, mantêm-se a vigilância sobre os dois restantes, que estão também a ser arrefecidos.

Em Koriyama, a maior cidade da prefeitura de Fukushima – apenas a 48 quilómetros da central – a população é testada a eventuais exposições a radiação.

O governo japonês declarou-se disposto a pedir a ajuda do Exército norte-americano para tentar evitar um desastre nuclear.