Última hora

Última hora

Japão: operações de arrefecimento centradas no reator 3 de Fukushima Daichi

Em leitura:

Japão: operações de arrefecimento centradas no reator 3 de Fukushima Daichi

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades japonesas conduzem uma luta contra o relógio para controlar a situação problemática na central nuclear de Fukushima Daichi.

Depois de uma tentativa abortada, um helicóptero do Exército conseguiu largar água sobre o reator 3 – o único que usa uma mistura de plutónio e urânio. Classificado como “prioritário”, registava hoje uma subida de pressão.

Para além dos quatro reatores que sofreram explosões ou incêndios, os restantes dois também apresentam risco de sobreaquecimento.

A operadora da central garante que os níveis de radiação diminuíram. A Tepco frisou ainda que continua a haver água na piscina de armazenamento das barras de combustível do reator 4, depois da agência de segurança nuclear norte-americana ter dito que poderia já estar a seco.

A operadora espera restabelecer em breve a eletricidade na central para facilitar as operações de arrefecimento.

Rodrigo Barbosa