Última hora

Última hora

Merkel obrigada a compromissos quanto ao nuclear

Em leitura:

Merkel obrigada a compromissos quanto ao nuclear

Tamanho do texto Aa Aa

Foi perante um parlamento em alta tensão que Angela Merkel assumiu o compromisso de acelerar a passagem da Alemanha às energias renováveis.

A chanceler participou esta manhã num debate sobre o nuclear, exigido pelos deputados. A esquerda e os Verdes afirmam que “é o fim da era atómica” e pedem o desmantelamento das centrais nucleares:

Merkel responde: “Sabemos que as nossas centrais são seguras. Estão entre as mais seguras do mundo e recuso-me a pará-las e, ao mesmo tempo, importar eletricidade nuclear de outros países. Não contem comigo para isso”.

O governo alemão tinha aprovado há um ano o prolongamento da vida de sete centrais nucleares, cujo desmantelamento estava previsto para 2020.

No princípio da semana a chanceler anunciou uma moratória de três meses a esta decisão, a suspensão do funcionamento das sete centrais nucleares mais antigas e a verificação dos níveis de segurança dos 17 complexos nucleares do país.

Mas a medida é provisória e meramente preventiva. O governo rejeita a proposta da oposição de transformá-la em lei vinculativa.