Última hora

Última hora

Retomadas as operações de refrigeração com canhões de água em Fukushima

Em leitura:

Retomadas as operações de refrigeração com canhões de água em Fukushima

Tamanho do texto Aa Aa

Após uma curta interrupção devido à radioatividade, a operação de refrigeração com canhões de água do reator número três da central de Fukushima Daiichi foi retomada, enquanto os helicópteros do exército continuam a deitar água sobre todos os reatores.

O reator três é a situação mais preocupante já que é o único que funciona com plutónio, um metal radioativo considerado mais perigoso que o urânio.

Mas agora é também o reator dois a chamar a atenção: uma nuvem de fumo branco começa a escapar-se do seu interior.

A companhia de eletricidade, Tepco, tinha manisfestado ao princípio do dia algum otimismo quanto à possibilidade de poder restabelecer ainda hoje a corrente elétrica na central, o que permitiria voltar a fazer funcionar o sistema de refrigeração dos reatores, mas já adiou essa possibilidade para amanhã.

Os peritos estrangeiros acreditam que as próximas 48 horas são cruciais para o desfecho da catástrofe nuclear no Japão.