Última hora

Última hora

"Odisseia amanhecer" começou

Em leitura:

"Odisseia amanhecer" começou

Tamanho do texto Aa Aa

Disparado do USS Barry no mediterrâneo o míssil foi apenas um dos 110 primeiros lançados a partir de navios e submarinos norte-americanos e britânicos.

O nome de código é “Odisseia amanhecer” mas teve início ao final da tarde de sábado envolvendo uma série de aviões e embarcações militares.

A primeira batalha das forças ocidentais durou toda a noite. Tripoli esteve em sobressalto e com a defesa antiaérea muito ativa, mas sem eficácia.

As autoridades líbias ainda garantiram ter abatido um avião francês, mas Paris desmentiu. O pentágono qualificou de sucesso o primeiro dia de hostilidades.

Tripoli, Bengasi e Misrata foram os alvos primordiais. Objetivo da incursão inicial: neutralizar a defesa antiaérea para poder proteger sem risco os civis, conforme a resolução 1973 da ONU.

A força aérea francesa foi a primeira a entrar em ação, seguiu-se depois a vaga de ataques de uma coligação ainda incompleta.

Em coordenação com os meios britânicos e americanos, os gauleses utilizaram caças Mirage, Rafale, abastecedores c-135 e Awacs para vigilância aérea eletrónica. No mediterrâneo navegavam duas fragatas de defesa aérea.

A Itália autorizou o uso de bases militares. Preparados para entrar em cena estão meios bélicos prometidos por países como o Canadá e a Espanha.