Última hora

Última hora

Síria: Uma centena de feridos em confrontos em Deera

Em leitura:

Síria: Uma centena de feridos em confrontos em Deera

Tamanho do texto Aa Aa

A revolta do mundo árabe propaga-se à Síria.

Este domingo as forças de segurança voltaram a usar balas reais e gás lacrimogéneo contra milhares de manifestantes, em Deera, no sul do país.

Pelo menos cem pessoas terão ficado feridas. É o terceiro dia consecutivo de confrontos nesta cidade.

Na sexta-feira, quatro pessoas foram mortas quando participavam numa manifestação pela libertação de 15 jovens autores de grafittis que apelavam à revolta.

Para acalmar os ânimos, o governo prometeu libertar os jovens, mas procedeu à detenção de dezenas de participantes no funeral de duas das vítimas, este sábado.

Os manifestantes têm vindo a pedir o fim do estado de emergência, que dura há 48 anos, a libertação dos presos políticos e o fim da polícia secreta. A primeira manifestação tinha sido convocada através do Facebook sob a designação de “sexta-feira da dignidade”.