Última hora

Última hora

Forças da coligação

Em leitura:

Forças da coligação

Tamanho do texto Aa Aa

Forças da União Europeia e dos Estados Unidos atacaram objetivos líbios com aviões e mísseis de cruzeiro.
 
Uma resolução do Conselho de Segurança das Nações Unidas autorizou os ataques para proteger os civis de serem alvo das forças de Kadahfi.
 
Os Estados Unidos colocaram à disposição das forças aliadas aviões F-16 e oito vasos de guerra incluindo 3 submarinos.
 
A França participa com caças Mirage e Rafale, um avião AWAC, o porta-aviões Charles de Gaulle, um submarino e várias fragatas.
 
O Reino Unido recorreu já a mísseis Tomahawk lançados de um submarino da classe Trafalgar e de aviões Tornado. Ao largo da costa líbia, duas fragatas da Royal Navy estão prontas a atuar.
 
 
Canadá, Itália, Espanha, Dinamarca, Noruega, Bélgica, Emiratos Árabes Unidos e Qatar, são os outros países que integram a força de coligação que intervem na Líbia.