Última hora

Em leitura:

Japão: Seguradoras fazem a conta dos estragos


economia

Japão: Seguradoras fazem a conta dos estragos

As companhias de seguros começam a deitar contas à vida, depois do terramoto japonês.

A norte-americana AIG, muito presente na Ásia, estima ter perdido mais de 490 milhões de euros, mas o grosso da fatura é pago pelas resseguradoras, ou seja, as companhias que fazem seguros às seguradoras. Uma primeira estimativa da Swiss Re aponta para perdas de mais de 800 milhões de euros.

No caso do acidente nuclear que se seguiu, as perdas são mais difíceis de avaliar, já que há várias empresas envolvidas.

Quem também tem custos acrescidos é a Tokyo Electric Power, dona da central nuclear, já que tem que pagar indemnizações aos agricultores afetados pela contaminação.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

economia

Nikkei mantém recuperação