Última hora

Última hora

Kadhafi diz que forças estrangeiras "serão derrotadas"

Em leitura:

Kadhafi diz que forças estrangeiras "serão derrotadas"

Tamanho do texto Aa Aa

O regime líbio reuniu esta noite uma multidão de apoiantes em Tripoli, para uma nova aparição pública de Muammar Kadhafi.

A partir da sua residência no bairro de Bab el-Aziziya, visada no domingo por um míssil da coligação internacional, o líder líbio voltou a demonstrar um tom desafiante.

Kadhafi disse que as forças estrangeiras que lideram o assalto contra o regime “serão derrotadas”.

Num breve discurso seguido por fogo-de-artifício na capital, o líder líbio garantiu que não vai deixar Tripoli e acusou as forças internacionais de “romperem com a carta das Nações Unidas” através de um “assalto perpetrado por um grupo de fascistas que acabarão na lixeira da História”.

Algumas horas antes, as autoridades líbias conduziram um conjunto de jornalistas internacionais à base naval atingida na noite de segunda para terça-feira pelos bombardeamentos internacionais.

Entre os escombros podiam ver-se veículos e artilharia pesada, mas também mísseis intactos.

Um suposto civil denunciava no entanto a intervenção internacional, dizendo que no local “não há população para proteger, nem projécteis para atacar”.

Fustigada há várias noites por bombardeamentos em vários pontos estratégicos, Tripoli é durante o dia uma cidade fantasma, com os comércios fechados e as ruas praticamente vazias.