Última hora

Última hora

Reino Unido: deputados aprovam ação militar na Líbia

Em leitura:

Reino Unido: deputados aprovam ação militar na Líbia

Tamanho do texto Aa Aa

Os deputados britânicos aprovaram quase unanimemente a participação do Reino Unido nas operações em curso na Líbia.

Após seis horas de debate na Câmara dos Comuns, o compromisso britânico na intervenção internacional recebeu 557 votos favoráveis e apenas 13 vozes contra.

O primeiro-ministro britânico garantiu que o país se limitará “ao mandato estrito das Nações Unidas”. David Cameron acredita que “a Líbia precisa de se livrar de Kadhafi”. Mas frisou que a Grã-Bretanha “tem a responsabilidade de aplicar a resolução do Conselho de Segurança” e “cabe aos líbios escolher o seu próprio futuro”.

Uma sondagem publicada pela britânica ITV mostra que 43 por cento da população discorda com a intervenção militar do Reino Unido contra as forças de Kadhafi.

Mais de metade dos inquiridos disse ainda que os soldados de sua Majestade não deviam arriscar as vidas para ajudar os rebeldes líbios.

Cameron prometeu que a Líbia não se converterá num novo Iraque.