Última hora

Última hora

Tortura e sevícias no exército filipino

Em leitura:

Tortura e sevícias no exército filipino

Tamanho do texto Aa Aa

Um vídeo do exército filipino, que mostra um teino de em que os recrutas são brutalmente torturados, está a ser alvo de protestos de organizações de defesa dos direitos humanos.

O polémico vídeo foi captado há três anos, na região de Bicol, nas Filipinas. O video foi descarregado no youtube pela Isnap Media e está a circular em vários sites e redes sociais.

Militante de esquerda e acivista, Renato Reys diz que “este tipo de treino pode conduzir a ideias e práticas erradas entre os militares e pode encorajar a violação dos direitos humanos e de torturas como ações normais”.

O treino visava preparar os recrutas para uma situação de cativeiro, caso fossem capturados em combate, simulando situações de tortura e de dor física de extrema crueldade.

Responsáveis do exército reagiram declarando que vão rever as práticas de formação de soldados.