Última hora

Última hora

Líbia: Bengasi agradece à ONU

Em leitura:

Líbia: Bengasi agradece à ONU

Tamanho do texto Aa Aa

“Obrigado” é a mensagem que os habitantes de Bengasi dirigiram à ONU e aos países que votaram a favor de uma zona de exclusão aérea na Líbia.

Bengasi esteve quase a cair nas mãos das tropas fiéis ao regime. Mas a intervenção da coligação internacional, no sábado, impediu o avanço.

A operação reforçou a confiança junto dos rebeldes. Esta quarta-feira, o Conselho Nacional de Transição – criado para derrubar Kadhafi – nomeou Mahmoud Jabril para presidente de uma administração provisória, tendo em mira um futuro Governo.

Bengasi é o bastião da revolta contra Muammar Kadhafi, desde 15 de fevereiro. A cidade em si é um símbolo, assim como a bandeira da monarquia que antecedeu o regime do coronel.

O enviado especial da euronews à Líbia constatou: “A imprensa controlada por Kadhafi dizia que o povo de Bengasi não apoiava a zona de exclusão aérea. Mas hoje os habitantes de Bengasi reagiram ao manifestarem-se em frente ao Palácio da Justiça. Agora, pode ver-se uma multidão cheia de mulheres. No total, deve haver aproximadamente 15 mil pessoas.