Última hora

Última hora

Rebeldes estão com um pé em Ajdabiya

Em leitura:

Rebeldes estão com um pé em Ajdabiya

Tamanho do texto Aa Aa

Os rebeldes chegaram às portas de Ajdabiya, de onde tinham retirado a semana passada.
 
No entanto, o importante nó rodoviário situado a 160 quilómetros de Tripoli continua a ser controlado pelo exército líbio.
 
Os insurgentes, apesar da falta de equipamento e de apoio logístico, esperam recuperar a cidade brevemente.
 
“Dentro de dias os revolucionários de Bengasi serão enviados para Tripoli e correrão com o Kadahfi de lá para fora”, disse um insurgente entusiasmado.
 
Por seu lado, o exército regular parece inamovível e continua a bombardear Misurata e outras cidades.
 
Em Bengasi, berço da revolta, os feridos são tratados por equipas médicas razoavelmente equipadas. Já ninguém tem dúvidas do objetivo de Muammar Kadahfi.
 
“Não creio que Kadahfi venha com todas esta força apenas castigar o seu povo…
Acho que ele vem para matar toda gente de Bengasi. Vem para destruir Bengasi. Não vem como um pai ou um líder para puxar as orelhas e dizer para não voltarem a fazer isto”, afirmou um médico em Bengasi.
 
Os Estados Unidos, o Reino Unido e a França continuam a insistir com Kadahfi para terminar o avanço sobre Bengasi e retirar de Misurata, Ajdabiya e Zawiya.