Última hora

Última hora

Ameaça nuclear continua a pairar sobre o Japão

Em leitura:

Ameaça nuclear continua a pairar sobre o Japão

Tamanho do texto Aa Aa

Dois homens que trabalhavam no reator 3 da central nuclear de Fukushima foram hospitalizados.
 
Três trabalhadores foram atingidos por radiações,
mas só dois estiveram expostos a “níveis de radioatividade entre os 170 e 180 millisieverts”, anunciou um porta-voz da Agência de Segurança Nuclear japonesa.
 
A eletricidade foi parcialmente restabelecida
na sala de controlo do reator 1, mas não existe a certeza de o sistema de arrefecimento poder voltar a funcionar.
 
O nível de iodo radioativo na água da torneira
em Tóquio voltou abaixo do limite legal.
 
Na quarta-feira a taxa de radioatividade na estação de tratamento de Kanamachi ultrapassou o limiar dos 100 becqueréis por quilograma pelo que as autoridades desaconselharam que fosse dada às crianças água da torneira.
 
O nível agora registado é de 79 becqueréis por quilograma.
 
A prefeitura de Tóquio, com 13 milhões de habitantes, está situada a 250 quilómetros a sudoeste da central nuclear de Fukushima.