Última hora

Última hora

Japão: aumentam receios nucleares

Em leitura:

Japão: aumentam receios nucleares

Tamanho do texto Aa Aa

No Japão, as autoridades afirmam suspeitar que um dos reatores na central de Fukushima tenha aberto brechas em resultado do terramoto de 11 de março.

As atenções voltam-se agora para o reator 3 cujo núcleo poderá ter sofrido danos embora, segundo as autoridades, estes tenham sido limitados.

Segundo este alto funcionário do governo, os danos foram causados por deficiências no sistema de arrefecimento do combustível nuclear. A extensão dos danos, segundo o funcionário, permanece desconhecida.

A confirmar-se a existência de brechas no núcleo do reator, quantidades elevadas de material radioativo poderão ter sido libertadas para o exterior.

Na quinta-feira, três técnicos foram evacuados depois de terem sofrido queimaduras radioativas. As autoridades afirmam que os três indivíduos foram expostos a níveis de radiação 10 mil vezes superiores ao esperado.

Entretanto, na China dois turistas japoneses foram hospitalizados devido a níveis elevados de radiação.

Pairam igualmente receios sobre a segurança dos alimentos produzidos no Japão.

Vários países, entre os quais se contam Singapura, Austrália, Estados Unidos e Hong Kong já impuseram restrições à importação de alimentos japoneses.