Última hora

Última hora

Japão: continua o risco nuclear

Em leitura:

Japão: continua o risco nuclear

Tamanho do texto Aa Aa

Água altamente contaminada foi encontrada num segundo reactor da central nuclear de Fukushima.

A situação parece estar imprevísivel depois de ontem 2 trabalhadores terem sofrido queimadoras durante os trabalhos de refrigeração das turbinas.

O primeiro-ministro do Japão, discursou pela primeira vez esta semana sobre os últimos acontecimentos, dizendo que “ a situação actual da central nuclear em Fukushima ainda não apresenta optimismo. Faremos o nosso melhor para que as condições não piorem.”

A cidade de Ishinomaki, no norte do Japão, está devastada.

Há mais de 108 campos de refugiados, improvisados em escolas.

Voluntários de toda a parte do país vieram ajudar e o exército japonês está também a disponibilizar-se nas operações de limpeza e de distribuição de alimentos.

Continuam desaparecidas mais de 10 mil pessoas e as familias procuram os familiares por toda a cidade.

O japão vive uma situação sem precedentes, os prejuízos foram estimados em 200 mi milhões de euros.