Última hora

Última hora

Japão: Mais água radioativa descoberta em Fukushima

Em leitura:

Japão: Mais água radioativa descoberta em Fukushima

Tamanho do texto Aa Aa

Foi descoberta uma nova quantidade de água com um alto nível de radioatividade na central nuclear japonesa de Fukushima.

As autoridades temem por isso um atraso no relançamento do arrefecimento dos reatores danificados pelo terremoto e posterior maremoto que a 11 de março assolaram o nordeste do Japão.

Ainda este sábado a Agência Nuclear do país informou que detetou uma concentração de iodo radioativo 1250 vezes superior ao limite legal na água do mar, perto da central nuclear.

O primeiro-ministro japonês, Naoto Kan, mostrou-se muito preocupado e assegurou que tudo está a ser feito para resolver a situação.

Na China, o médico que tratou os dois os turistas japoneses, que ontem entraram no país com níveis de radiação elevados, afirmou que “o iodo radioativo, nos dois viajantes, não era muito elevado. Nenhum deles se sentiu mal e não haverá qualquer perigo para público. Eles não necessitam de mais tratamento hospitalar.”

Os países vizinhos estão preocupados e começaram a tomar medidas de forma a controlar a entrada de pessoas e alimentos provenientes do Japão.