Última hora

Última hora

Japão: continua a luta pela sobrevivência

Em leitura:

Japão: continua a luta pela sobrevivência

Tamanho do texto Aa Aa

No hospital da Federação Internacional da Cruz Vermelha e Crescente Vermelho na cidade de Ishimaki, as equipas médicas continuam a lidar com as vítimas do tsunami de 11 de março.

Novos pacientes provenientes dos centros de evacuação chegam constantemente. A maioria sofre de problemas de má nutrição, frio e choque.

Segundo os números mais recentes, entre mortos e desaparecidos, o balanço desta tragédia ultrapassa os 27 milhares de vítimas.

O repórter da Euronews, Chris Cummins, falou com um especialista em Emergências e Acidentes, o doutor Kobayashi Michio.

“O tsunami foi muito mais mortífero do que o sismo.

Assistimos a muitos casos de morte por afogamento, hipotermia e condições relacionadas. As pessoas afetadas pelo tsunami perderam tudo.

Perderam as suas casas e agora sofrem de doenças relacionadas com este desastre. É por isso que a sua condição é agora muito pior. Falta de alimentos, falta de aquecimento, é por isso que o tsunami teve consequências muito piores”, afirmou.

Para os médicos da Federação Internacional da Cruz Vermelha, o desafio concentra-se agora no apoio psicossocial aos sobreviventes desta enorme tragédia.