Última hora

Última hora

Líbia: NATO assume comando da operação "Odisseia Amanhecer"

Em leitura:

Líbia: NATO assume comando da operação "Odisseia Amanhecer"

Tamanho do texto Aa Aa

A NATO vai assumir o comando das operações na Líbia nas próximas 72 horas. O anúncio põe fim às divisões no seio da coligação internacional sobre a forma de coordenar bombardeamentos, sanções económicas e proteção dos civis no território.

O secretário-geral da NATO, Anders Fogh Rasmussen, garantiu que, “o objetivo principal da aliança passa pela proteção dos civis da ameaça das forças pró-Kaddafi. A NATO vai implementar todos os pontos previstos na resolução da ONU, nem mais, nem menos”.

A Turquia, que representa o segundo maior exército da Aliança Atlântica decidiu dar luz verde a um comando unificado sob controlo da NATO.

Ancara, que se opunha a uma intervenção armada, propôs, como contrapartida, mediar as discussões entre rebeldes e forças pró-Kaddafi e a chefia das operações humanitárias em Bengasi.

Desde o início da operação “Odisseia Amanhecer” que a França hesitava em entregar o comando da intervenção à NATO, previligeando uma ampla coligação com a participação de vários países da Liga Árabe.

A passagem do testemunho à Aliança Atlântica, ocorre num momento em que os Estados Unidos dão sinais de quererem diminuir a sua participação na operação.

Obama deverá pronunciar-se hoje sobre o tema, antes da reunião de amanhã, em Londres, que deverá discutir o papel da NATO no terreno em termos militares e humanitários.