Última hora

Última hora

Sarkozy e Cameron fazem apelo aos amigos de Kadahfi

Em leitura:

Sarkozy e Cameron fazem apelo aos amigos de Kadahfi

Tamanho do texto Aa Aa

Numa declaração conjunta, o presidente francês, Nicolas Sarkozy, e o primeiro-ministro britânico, David Cameron apelam aos apoiantes do líder líbio para que o abandonem, antes que seja demasiado tarde.

Um dia antes da reunião em Londres do Grupo de contacto para a Líbia, o ministro francês dos Negócios Estrangeiros afirmou:

“A intervenção militar teve como objetivo parar com os massacres sobretudo em Bengasi. Este é um ponto que não deve ser esquecido. Se não tivéssemos feito o que fizemos “in extremis”, como dissemos ao Conselho de Segurança das Nações Unidas, teria sido uma questão de dias ou mesmo de horas.

Hoje toda a gente constata que conseguimos parar a ofensiva, mas isso não é a solução. A solução passa por permitir aos líbios encontrarem-se e decidirem o seu futuro. É disso que vamos falar em Londres”.

Entretanto um navio de apoio largou da Sicília carregado de munições, alimentos e combustível destinados aos vasos de guerra envolvidos nas missões militares da coligação contra a Líbia.