Última hora

Última hora

Roma prepara-se para transferir clandestinos de Lampeduza

Em leitura:

Roma prepara-se para transferir clandestinos de Lampeduza

Tamanho do texto Aa Aa

O governo italiano prepara uma mega-operação para transferir amanhã cerca de 8 mil imigrantes clandestinos da ilha de Lampeduza para o continente.

Desde Janeiro, que o governo tenta lidar com uma nova vaga de imigração, mais de 19 mil norte-africanos chegaram à pequena ilha do Mediterrâneo, quase o triplo da população do território.

Centenas de habitantes manifestaram-se ontem, bloqueando os acessos junto ao porto, para exigir a intervenção do governo para resolver a situação que arrisca tornar-se numa crise humanitária.

O governo fretou seis navios de passageiros para transferir amanhã os imigrantes para vários centros de acolhimento no continente.

“Ninguém nos ajuda, ninguém. Porque é que o mundo inteiro está a ignorar o que se passa nesta ilha”, afirma uma habitante.

Só nos últimos três dias mais de três mil imigrantes chegaram a Lampeduza, a maioria provenientes da Tunísia e da Líbia.

Cerca de 500 clandestinos chegaram ontem também e pela primeira vez à ilha de Malta.