Última hora

Em leitura:

Gorbatchev "superstar" em Londres


Reino Unido

Gorbatchev "superstar" em Londres

Se os russos continuam a ter dúvidas sobre o legado de Mikhail Gorbatchev, já os britânicos não hesitaram em festejar com grande pompa o aniversário do “homem que mudou o mundo”.

Uma gala em honra do último líder soviético decorreu ontem em Londres, para assinalar os oitenta anos de Gorbatchev, festejados no início de Março e para recolher fundos para a luta contra o cancro.

Na passadeira vermelha, o ex-presidente polaco Lech Walesa desejou longa vida e muita saúde a Gorbatchev.

Atores, políticos e artistas não hesitaram em pagar entre 200 e 113 mil euros para assistir à gala, onde o aniversariante homenageou com os prémios Perestroika, Glasnost e Ouskorenié a personalidades como o co-fundador do Google, ou o vocalista dos U2, Bono.

Entre evento mundano e homenagem política, o presidente israelita afirmou, “conheçou poucas pessoas de quem posso dizer, de todo o coração, eis um homem que mudou a história para sempre”.

Depois de ter aberto a primeira brecha na cortina de ferro, Gorbatchev empreende desde há vários um novo combate contra o cancro à frente da fundação Raissa, o nome da mulher vitimada pela doença em 1999.

O aniversário de Gorbatchev tinha sido assinalado em Moscovo, no início de Março, com as autoridades russas a sublinharem que o seu papel na história pode ser submetido a várias interpretações.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Fukushima: Cidade fantasma