Última hora

Última hora

Londres concede refúgio a ministro líbio mas não imunidade

Em leitura:

Londres concede refúgio a ministro líbio mas não imunidade

Tamanho do texto Aa Aa

A fuga do ministro dos negócios estrangeiros líbio para Londres é uma prova de que, “o regime de Kaddafi está a desmoronar-se”.

O responsável diplomático britânico felicitou-se hoje com a deserção de Moussa Koussa e encorajou todos os altos responsáveis do regime líbio a imitá-lo.

“Encorajamos todos os próximos de Kaddafi para que o abandonem para apoiar um futuro melhor para a Líbia, que possa permitir uma transição política e uma reforma reali, que vá de encontro às aspirações da população. Moussa Koussa é um dos membros mais visíveis do regime de Kaddafi, a sua demissão mostra que o regime que já assistiu a outras deserções para a oposição, está fragmentado, sob pressão e à beira de implodir”.

Moussa Koussa tinha chegado esta noite a Londres proveniente da Tunísia. O governo britânico afirma que a sua demissão foi um ato voluntário e que não ofereceu qualquer imunidade em contrapartida.

O antigo chefe dos serviços secretos líbios foi no entanto um dos principais colaboradores do ocidente na luta contra o terrorismo iniciada após os atentados de 11 de Setembro.