Última hora

Em leitura:

Alemanha: gigante do nuclear contesta decisão do governo


Alemanha

Alemanha: gigante do nuclear contesta decisão do governo

O império do nuclear contra-ataca na Alemanha. A segunda maior produtora de energia do país, a RWE, apresentou uma queixa contra a moratória ditada pelo governo que impõe o encerramento da central no estado de Hesse.

A operadora estima que o local cumpre as normas de segurança em vigor e que falta um fundamento jurídico para justificar o fecho.

Há duas semanas, o executivo alemão ordenou a suspensão, pelo menos durante três meses, dos sete reatores mais velhos do país para testes de segurança.

Na quinta-feira, o ministro do Ambiente, Norbert Roettgen, admitiu que os requisitos de segurança têm de ser completamente revistos e que vão passar a incluir cenários de sismos e acidentes de avião.

Os protestos contra a energia nuclear aumentaram quando, no ano passado, a chanceler alemã decidiu prolongar a vida das centrais nucleares.

Angela Merkel mudou de discurso após o desastre nuclear de Fukushima, no Japão, provocado pelo sismo e pelo tsunami de 11 de março.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Iémen: manifestações maciças pró e anti-Saleh em Saná