Última hora

Última hora

Colaboradores de Kadafi desertam e deixam-no cada vez mais isolado

Em leitura:

Colaboradores de Kadafi desertam e deixam-no cada vez mais isolado

Tamanho do texto Aa Aa

Ao som de slogans e cantos antiocidente e hasteando bandeiras verdes, manifestantes pró-Kadafi afirmam, em Tripoli, a sua solidariedade para com o ditador – ao mesmo tempo que há cada vez mais rumores de novas deserções no seio do governo.

“Não temos medo da zona de exclusão aérea. Protegeremos sempre o nosso líder!”, diz uma jovem manifestante. Mas o parece cada vez mais isolado na sua residência militarizada de Bab Al-Aziziya, em Tripoli.

Segundo a televisão Al-Jazira e outros órgãos de comunicação árabes, o ministro líbio dos Negócios Estrangeiros terá abandonado as suas funções. Moussa Koussa foi a Londres, na quarta-feira, e por lá terá ficado.

Um porta-voz do governo líbio confirmou a demissão de Koussa, um dos mais próximos colaboradores de Kadafi.