Última hora

Última hora

Costa do Marfim: ataque contra residência de Gbagbo

Em leitura:

Costa do Marfim: ataque contra residência de Gbagbo

Tamanho do texto Aa Aa

As forças fiéis a Alassane Ouattara atacaram a residência do presidente cessante da Costa do Marfim.

O ataque foi confirmado por fontes militares próximas de Laurent Gbagbo, derrotado nas presidenciais de Novembro e que recusa abandonar o poder.

Depois de violentos confrontos na capital financeira, as forças de Ouattara assumiram o controlo da televisão pública.

O primeiro-ministro do presidente reconhecido pela comunidade internacional, Ouattara, fez um ultimato a Gbagbo para que se demita e não tem dúvidas que o fim do presidente cessante está próximo.

As forças de Ouattara que controlam várias cidades do país seguem a ofensiva em direção ao sul, numa altura em que as fronteiras terrestres, marítimas e aéreas do principal exportador de cacau do mundo se encontram encerradas.

Os dirigentes da África Austral, reunidos na Zâmbia pediram, hoje, a Gbagbo para que abandone o poder.

Um apelo feito, também, pelo secretário-geral das Nações Unidas, dois dias depois do Conselho de Segurança ter aprovado sanções contra o presidente cessante e a mulher.