Última hora

Última hora

Costa o Marfim prepara-se para a batalha final

Em leitura:

Costa o Marfim prepara-se para a batalha final

Tamanho do texto Aa Aa

Morrer ou ganhar! É este o estado de espírito das milícias pró-Gbagbo, ao mesmo tempo que os soldados leais ao presidente deposto patrulham as principais ruas de Abidjan, perto do palácio presidencial.

Os combates prosseguem, na capital económica da Costa do Marfim e Laurent Gbagbo continua a recusar abandonar o poder. As forças de Gbagbo voltaram a tomar o controlo da televisão pública – e a usá-la. “Toda a gente deve ir para a rua caçar rebeldes, e sobretudo, toda a gente deve convergir para a residência do senhor Laurent Gbagbo, para formar um escudo humano à sua volta”, apelou, na televisão pública, Damana Picas.

O apelo do responsável do ministério do Interior foi seguido por membros dos Jovens Patrióticos, um grupo pró-Gbagbo.

O presidente cessante continua surdo aos apelos da comunidade internacional para que abandone o poder a favor do vencedor das eleições, Alassane Ouattara.

Londres fala mesmo da eminência de um banho de sangue, se Gbagbo não ceder.

Esta quarta-feira, as forças de Ouattara tomaram o controlo de Yamusukro, a capital administrativa. O próximo alvo é Abidjan.