Última hora

Última hora

Residência de Gbagbo tomada de assalto

Em leitura:

Residência de Gbagbo tomada de assalto

Tamanho do texto Aa Aa

Em Abidjan, forças fiéis a Alassane Ouattara tomaram de assalto a residência oficial de Laurent Gbagbo depois de helicópteros da ONUCI terem disparado contra o palácio e a residência do presidente cessante.

Ban Ki-Moon, o secretário-geral da ONU, preocupado com a situação na Costa do Marfim, porque a segurança piorou “dramaticamente” nos últimos dias, ordenou que fossem tomadas “as medidas necessárias” para proteger os civis.

Desde as eleições presidenciais de 28 de novembro que a Costa do Marfim está envolvida num clima de grande tensão e violência. O presidente eleito

Alassane Ouattara foi reconhecido como chefe de Estado legítimo pela maioria da comunidade internacional, mas o presidente cessante Laurent Gbagbo recusa deixar o poder. Nos últimos dias, os confrontos violentos entre as duas fações políticas intensificaram-se provocando a morte de várias centenas de pessoas.