Última hora

Última hora

Crise humanitária na África ocidental preocupa Nações Unidas

Em leitura:

Crise humanitária na África ocidental preocupa Nações Unidas

Tamanho do texto Aa Aa

Segundo o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, o conflito da Costa do Marfim pode alastrar à Libéria e provocar um enorme efeito desestabilizador em toda a África ocidental.

Segundo aquele organismo existem entre 750 mil e um milhão de pessoas deslocadas no interior da Costa do Marfim.

“Vamos precisar de mais dinheiro e muitas mais pessoas. Isto não vai acabar só porque esta a ser negociada uma solução Haverá um longo período de reconciliação, e as necessidades vão continuar até as pessoas sentirem segurança e regressarem a suas casas”, disse Baroness Amos

As Nações Unidas registaram até agora 120 mil refugidos da Costa do Marfim na Libéria e vários milhares no Gana, Togo e Guiné.

O Alto Comissariado manifesta-se preocupado com a situação na Libéria, onde a transição para a democracia após anos de conflitos internos, pode ser afetada pela guerra civil na vizinha Costa do Marfim.