Última hora

Última hora

Espanha afasta risco de contágio pelo pedido de ajuda de Portugal

Em leitura:

Espanha afasta risco de contágio pelo pedido de ajuda de Portugal

Tamanho do texto Aa Aa

Anunciado o pedido de ajuda financeira de Portugal, as atenções voltam-se agora para Espanha, o pais vizinho.

A ministra espanhola da economia já afastou o risco de contágio.

Elena Salgado argumenta que o país tem uma economia “muito maior, mais diversificada e com mais potencial”. Uma realidade também evidenciada por alguns analistas financeiros.

“Recordo que Espanha está melhor posicionada do que Portugal, por causa da estrutura económica do país”, diz Francisco Lopez, analista.

Portugal resistiu durante muito tempo ao pedido de ajuda externa e muitos analistas indicam que essa era uma barreira que impedia o contágio a Espanha, uma das grandes potências da Zona Euro.

“Conceder o resgate a Portugal é um jogo de curta duração para os governos dos países da zona euro, porque agora têm pouco tempo para reparar o défice estrutural do euro. Se não o fizerem, Espanha será o próximo país, e depois o euro mergulhará numa pressão massiva novamente”, acrescenta o analista financeiro Oliver Roth.

O executivo espanhol diz que a antecipação nacional face às dificuldades com a dívida foi positiva e que esse trabalho de “ajuste das contas públicas” de “um ano” mostra as diferenças entre os dois mercados.