Última hora

Última hora

Japão utiliza nitrogénio para evitar nova explosão em Fukushima

Em leitura:

Japão utiliza nitrogénio para evitar nova explosão em Fukushima

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades japonesas multiplicam esforços para evitar uma nova explosão nos reatores da central de Fukushima Daichi, depois de terem conseguido ontem colmatar uma fuga de água contaminada na instalação.

A companhia de eletricidade TEPCO começou hoje a injetar nitrogénio no reator número 1 para dissipar a acumulação de hidrogéneo, que poderia causar uma nova deflagração.

Como explica o porta-voz do governo japonês, “a possibilidade de uma explosão causada pela concentração de hidrogéneo não é alta, mas a injeção de nitrogénio vai permitir reduzir essa eventualidade a quase zero”.

Os esforços para conter a radiação e eventualmente desativar os quatro reatores de Fukushima representam um período de espera de vários meses ou anos para os milhares de pessoas deslocadas da zona da central.

O governo começou hoje a pagar as primeiras indemnizações aos deslocados, ao mesmo tempo que um grupo de cozinheiros três estrelas do guia Michelin associou-se à vaga de solidariedade internacional, para servir um menu especial aos refugiados em Koryama.