Última hora

Última hora

Duas novas centrais nucleares afectadas por novo sismo

Em leitura:

Duas novas centrais nucleares afectadas por novo sismo

Tamanho do texto Aa Aa

Um dia depois do forte tremor que voltou a sacudir a costa nordeste do Japão, devastada pela catástrofe de 11 de março, temem-se as consequências sobre as centrais nucleares acidentadas.

O abalo causou apenas quatro mortos mas criou o pânico face à eventualidade de um novo marmoto e muita preocupação em relação às centrais nucleares já fragilizdas.

As unidades de Onagawa e Higashidori sofreram infiltrações após este último terramoto que teve lugar a 66 quilómetros de Sendai e a 116 de Fukushima.

Até ao momento não se detectou radioactividade na zona, porém, as duas centrais nucleares tiveram que recorrer a geradores de emergência após o abalo.

A China está preocupada com a radioatividade sobre a vida marinha resultantes do despejos no Oceano Pacifico da água contaminada proveniente da central nuclear de Fukushima.