Última hora

Última hora

NATO apresenta desculpas por "fogo amigo"

Em leitura:

NATO apresenta desculpas por "fogo amigo"

Tamanho do texto Aa Aa

A Aliança Atlântica pediu desculpas e lamentou as mortes provocadas pelo bombardeamento de quinta-feira que fez pelo menos quatro mortos e feridos entre as forças rebeldes na Líbia.

O denominado “fogo amigo” terá feito com que os insurgentes recuassem para Ajdabya onde passaram a estar na mira das tropas governamentais. Ajdabya fica a centena e meia de quilómetros de Bengasi, o bastião rebelde, no leste do país.

No sábado um episódio semelhante na mesma zona provocou mais de uma dezena de mortos. O sentimento entre as fileiras dos revolucionários em relação à aliança não é agora dos melhores.

Mesmo assim os rebeldes terão começado a pintar os tejadilhos das viaturas com tinta cor-de-rosa para que os pilotos da NATO não se enganem.

No oeste do país, Misrata é o único ponto onde os rebeldes ainda resistem. Aqui, os revolucionários tentam cortar as vias de comunicação para impedir que as tropas de Kadafi sejam abastecidas.

A cidade tem sido alvo da artilharia e atiradores furtivos do regime.