Última hora

Última hora

Paris e Roma realizam patrulhas conjuntas no mediterrâneo

Em leitura:

Paris e Roma realizam patrulhas conjuntas no mediterrâneo

Tamanho do texto Aa Aa

A Itália e a França meteram água na fervura depois do desentendimento com a intenção de Roma de emitir vistos de circulação no espaço Schengen aos migrantes tunisinos que têm estado a chegar à costa italiana.
 
Os ministros do Interior dos dois países concordaram agora em patrulhar a costa tunisina em conjunto e afinaram sobre o mesmo diapasão quanto à interpretação do tratado de Schengen.
 
“O visto de permanência temporária permite a livre circulação, no respeito pelas regras do tratado Schengen, e está de acordo com a iniciativa que tomámos”, disse Roberto Maroni, ministro do Interior italiano.
 
A interpretação de Roma e Paris é agora a de que que os estrangeiros precisam de ter recursos mínimos e um documento de viagem para circularem no espaço Schengen.
 
Junto à fronteira com a França, no acampamento de Ventimiglila, está apenas uma parte dos 25 mil tunisinos que desde Janeiro desembarcaram em chegaram a Lampedusa. Mas todas as noites chegam mais pessoas, muitas há vários dias em jejum.