Última hora

Última hora

Disparos em cerimónias fúnebres na Síria

Em leitura:

Disparos em cerimónias fúnebres na Síria

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia síria disparou, alegadamente, contra milhares de pessoas, quando decorriam cerimónias fúnebres, perto da mesquita de Omari, em Deraa.

As forças da autoridade terão usado balas reais e bombas de gás lacrimogéneo para dispersar a multidão.

Desde meados de março a Síria tem sido palco de vários protestos. Para conter a insatisfação, o governo prometeu, entre outras coisas, criar leis anticorrupção. Mas parte da população não baixa os braços e continua a sair para as ruas para exigir reformas democráticas.

Segundo as organizações não-governamentais, esta sexta-feira, morreram 37 pessoas na sequência dos confrontos.

Protestos que ocorreram também em Homs, Harasta e Doumas, nos arredores de Damasco.

As autoridades têm atribuído os atos de violência a “desordeiros” que pretendem espalhar o pânico entre a população e prometeu investigar.