Última hora

Última hora

Líbia: intensos combates em Misrata enquanto rebeldes choram vítimas da NATO

Em leitura:

Líbia: intensos combates em Misrata enquanto rebeldes choram vítimas da NATO

Tamanho do texto Aa Aa

Rebeldes líbios e forças leais a Muammar Kadhafi protagonizaram esta sexta-feira combates ferozes na cidade de Misrata, cercada e atacada há um mês e meio pelas tropas do regime.

Segundo residentes e um porta-voz da rebelião registaram-se pelo menos cinco mortes, entre as quais duas crianças.

A aviação da NATO visou entretanto depósitos de armas das forças governamentais em Zintan, a sudoeste de Tripoli.

Na frente leste, a situação continua confusa na região de Ajdabiya. A localidade continuará sob o controlo dos rebeldes mas estará quase deserta.

No bastião rebelde de Bengasi, milhares de pessoas juntaram-se para rezar e chorar os mortos no bombardeamento da NATO de quinta-feira.

A Aliança Atlântica pediu desculpas pelo ataque que vitimou pelo menos quatro rebeldes, o segundo erro da aviação internacional desde que a NATO assumiu o controlo das operações internacionais a 31 de Março.

O correspondente da euronews, Mustafa Bag, explica que “milhares de pessoas reuniram-se na Praça Tahrir para a oração de sexta-feira. Nesta oração, não se viam bandeiras estrangeiras, apenas a bandeira líbia. As pessoas estão zangadas com a morte de inocentes”.