Última hora

Última hora

Japão: famílias começam a mudar-se para os novos "lares"

Em leitura:

Japão: famílias começam a mudar-se para os novos "lares"

Tamanho do texto Aa Aa

A cidade de Rikuzentakata foi uma das mais destruídas pelo tsunami de há um mês no nordeste do Japão.

36 famílias já se mudaram para as casas onde vão morar nos próximos dois anos. São prefabricados, equipados com eletrodomésticos, que pretendem tirar milhares de pessoas dos centros de refugiados.

Sakai Sasaki já foi carpinteiro e espera construir a sua própria casa dentro de dois anos, com a ajuda dos netos, que já se mostraram disponíveis. Diz que “não sabe o que vai acontecer no futuro, mas pretende continuar otimista”.

1800 famílias desta cidade ainda estão à espera de casa. As autoridades municipais contam construir até 400 prefabricados por mês. Mas Rikuzentakata é apenas uma das muitas localidades destruídas. Milhares de sobreviventes em toda a costa nordeste do Japão continuam a aguardar em refúgios temporários.