Última hora

Em leitura:

Costa do Marfim: Ouattara apela à reconciliação


Costa do Marfim

Costa do Marfim: Ouattara apela à reconciliação

Na Costa do Marfim, a festa substituiu os tiros. Terminado que está o conflito, começa agora o longo caminho em direção à paz e prosperidade.

O novo presidente Alassane Ouattara, internacionalmente reconhecido, enfrenta agora a dura tarefa de reconciliar o país dividido pela guerra civil.

Horas depois da detenção do presidente cessante, Laurent Gbagbo, o novo presidente apelava num discurso à paz e reconciliação.

“Apelo a todos os meus compatriotas dominados por sentimentos de vingança a absterem-se de atos violentos ou de represália. Reitero a vontade de estabelecer uma comissão Verdade e Reconciliação que lançará a luz sobre todos os massacres, crimes e outras violações dos direitos dos homens”, disse.

O discurso de Ouattara foi saudado pelo secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon.

Entre os desafios mais urgentes conta-se o alívio da situação humanitária na capital comercial, Abidjan, onde a água e alimentos escasseiam desde o início dos combates.

Desde as eleições de Novembro passado, estima-se que milhares de pessoas tenham morrido em resultado dos combates entre as duas fações.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Alerta nuclear em Fukushima ao mesmo nível que Tchernobyl