Última hora

Última hora

Japão: governo reitera segurança alimentar

Em leitura:

Japão: governo reitera segurança alimentar

Tamanho do texto Aa Aa

No Japão, peritos em radiologia da organização de defesa do meio ambiente Greenpeace afirmam que os níveis de radiação detectados fora da zona de evacuação e nos produtos agrícolas são superiores aos níveis considerados seguros.

As investigações dos peritos concentram-se na província de Fukushima onde se encontra a central afetada pelo sismo e tsunami de 11 de março.

A região foi visitada pelo presidente da Tepco na segunda-feira, Masataka Shimizu, que apresentou um pedido de desculpas pelos problemas ocorridos na central desde 11 de março.

Em Tóquio, na sede da Tepco, a companhia que explora a central danificada, um porta-voz admitiu que os riscos são consideráveis.

“Caso a fuga de radiação não seja completamente estancada é provável que a radiação acumulada venha a exceder os níveis atingidos por Tchernobil”, afirmou.

O consumo de alimentos provenientes da região está a levantar receios entre a população.

Nas ruas de Tóquio um porta-voz e alto funcionário governamental tentava esta terça-feira acalmar os receios da população relativamente ao consumo de produtos oriundos da região de Fukushima.

Yukio Edano deslocou-se a um mercado para consumir alguns produtos e assim inspirar confiança nos consumidores.