Última hora

Última hora

O grande salto de Gagarin

Em leitura:

O grande salto de Gagarin

Tamanho do texto Aa Aa

Há 50 anos, pela primeira vez na história da humanidade, um homem saiu da Terra em direção ao Espaço. Quem foi Yuri Gagarin e como se tornou no primeiro homem a viajar pela órbita terrestre?

Nasceu no seio de uma família de camponeses, na Rússia Ocidental, e desde tenra idade Gagarin sempre ambicionou ser piloto de aviões.

Após terminar a Academia da Força Aérea e se ter tornado piloto, voluntariou-se para o Programa Espacial Soviético.

O astronauta soviético, Alexey Leonov, relembra o tempo passado na Academia com o amigo: “Eu e o Yuri tínhamos a reputação de sermos umas cabeças no ar… Às vezes jogávamos à batalha naval, nas aulas! De facto, éramos muito parecidos.”

O Projeto tripulado do programa Espacial soviético, – O Vostok- era considerado um esforço ambicioso. O objetivo era confirmar a liderança soviética no Espaço, iniciada três anos antes com o lançamento do satélite Sputnik.

O cientista; Valery Lubinskiy afirma que nessa altura “não eram apenas engenheiros e cientistas importantes – eram verdadeiros visionários e que acreditavam que a exploração espacial pelo Homem era o principal objetivo. Estavam desejosos de avançar nessa direção”

Foram vários os lançamentos de naves espaciais com animais no interior mas era ainda uma incógnita saber como reagiria o corpo humano à falta de gravidade e ao isolamento, durante um voo espacial.

“É como vestir um homem com um fato e enfiá-lo num alto-forno e dizer-lhe: “não tenhas medo, o fato protege-te. Mas, na realidade, ninguém sabe se o fato o protege.” Foi exatamente o que se passou: “Não te preocupes, tudo vai correr bem. Não sabemos exatamente o que vai acontecer – mas depois contas-nos quando regressares,” conta Alexey Leonov.

O voo durou apenas 108 minutos e provou que um astronauta pode manobrar, com êxito, uma nave espacial, comunicar com o centro de controlo da missão e ainda alimentar-se, tudo enquanto percorre a órbita terrestre.

Valeriy Lubinskiy lembra que Gagarin “não precisou pilotar a nave, embora detivesse todo o controlo para descer e aterrar manualmente, caso o piloto automático falhasse.”

O histórico voo de Gagarin tornou-o conhecido em todo o mundo e iniciou uma série de voos espaciais tripulados.

O próprio Gagarin desvalorizava essa fama: “Devo dizer que não me sinto muito à vontade, perante os meus amigos, quando digo que o meu voo durou apenas uma hora e 48 minutos. Mas, claro, foi apenas o começo. A primeira exploração do Espaço.”